top of page

Qual a importância do Controle de Temperatura para os serviços de alimentação

O controle de temperatura dos alimentos é importante para evitar a contaminação e a multiplicação microbiana sendo a frequência de monitoramento diária de todos os alimentos preparados, armazenados e expostos. Temperaturas de equipamentos, temperatura do óleo durante a fritura além das temperaturas no recebimento de matérias primas perecíveis.


E como é possível evitar a contaminação e multiplicação microbiana com a medição de temperaturas?


Os micro-organismos, são inativados, destruídos ou tem sua atividade reduzida por meio do frio ou calor. Os micro-organismos se multiplicam em temperatura entre 5°C e 60°C conhecido como zona de perigo. Dessa forma, o monitoramento da temperatura no cozimento e exposição dos alimentos ao consumidor são de extrema importância. Deve-se cozinhar os alimentos, principalmente carnes, e monitorar para que todas as partes do alimento atinjam temperaturas de no mínimo 70°C para destruição dos micro-organismos. Na exposição do alimento ao consumo (buffet) os alimentos quentes devem ser mantidos acima de 60°C por no máximo 6h. Para o resfriamento os alimentos devem passar de 60°C para 10°C em até 2h.


O controle de temperatura desde o recebimento das matérias primas até o armazenamento dos alimentos permite produzir alimentos com qualidade e segurança. De nada adianta fazer todo o controle e manipulação de forma correta se não há um controle no recebimento das matérias primas. Uma matéria prima que já chega com a qualidade comprometida no estabelecimento, não resultará em um alimento de qualidade e seguro. Matérias primas de qualidade e nos padrões corretos de temperaturas seguido de um armazenamento em temperatura correta, manipulação correta e higiênica para preparo do alimento, finalizando com exposição/transporte do alimento de forma correta garantem um alimento de qualidade e seguro aos consumidores.


O controle de temperatura + utilização das planilhas para registro das temperaturas + colaboradores treinados + boas práticas em todas as etapas de produção de alimentos = clientes satisfeitos + alimentos seguros e de qualidade + ambiente de trabalho melhor + menor risco de contaminação e doenças transmitidas por alimentos... os benefícios são muitos!

A cadeia de produção de alimentos pode parecer complexa, pois uma etapa depende da outra. Não há como seguir apenas uma parte para garantir o todo.


Conte com a gente!



76 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page